Adeus, Malva! Falece aos 99 anos a Travesti mais idosa do Mundo

Malva faleceu na semana passada, chilena que aos 17 anos cruzou a Cordilheira dos Andes para viver na Argentina em busca de liberdade. Ela manteve-se bem humorada em seus últimos dias de vida.


Kimberly Luciana Dias - Do Mundo T, em São Paulo
Foto: Sebastián Freire

Em fim chegou ao final a vida de Malva, uma referência a mim, que como uma cidadã Travesti tenho a história dela, algo que gostaria que fosse semelhante na minha trajetória de vida também, ter o direito de viver por muitos anos, e morrer por idade e não em consequência da falta de direitos que a população de Travestis e Transexuais sofrem no Brasil e em muitas partes do mundo, principalmente nos países da America Latina.

 Conheça Malva, a travesti mais idosa da Argentina

A sua saúde se agravou agora na temporada de inverno, na casa de repouso em qual escolheu para viver voluntariamente, Malva estava sentindo muita solidão, e a falta de familiares e amigos. As dores se tornaram mais fortes pelos sinais do tempo, Malva estava internada em consequência de uma pneumonia em um quarto da ala masculina, onde sua identidade de gênero não foi respeitada, o hospital alegou que o motivo foi que Malva não alterou a sua documentação ao gênero feminino, mas essa situação foi revertida a pedido de Carina Sama, que trabalhou com ela no documentário sobre a sua vida e que atualmente está em fase de produção. 
Malva em vida fez a doação de seu corpo à Faculdade de Medicina da UBA, para ser utilizado para fins científicos. 
Sua voz e imagem agora permanece para o Mundo T como uma testemunha e exemplo para a Luta das Travestis e Transexuais, na inclusão na sociedade e democracia.
Até um dia Malva, exemplo para tod@s Nós! 
Comentários
7 Comentários

7 comentários:

  1. Eu sabia li anteriormente documentario

    ResponderExcluir
  2. Rita Beemer02 agosto, 2015

    Sua história é triste mas, ao contrário de muitos, ela teve uma vida plena. Descanse em paz malva.

    ResponderExcluir
  3. Descanse em paz amiga e irmã 😢😢😢😢😢😢

    ResponderExcluir
  4. Ogni uno di noi ha un paio d'ali,ma solo chi sogna impara a volare.......descanse em paz...

    ResponderExcluir
  5. Linda história fico muito orgulhosa de ser trans apesar da diversidade descanse em paz guerreira

    ResponderExcluir
  6. Que descanse em paz! Fico feliz em ver uma trans* que morreu por idade e não precocemente, vítima de violência,com ocorre aqui no Brasil e em diversos países. Não achei muito legal essa parte de ela virar um objeto de estudo.. Achei que isso a desumanizou. Mas enfim, belíssima história e sim, ela é realmente uma inspiração e prova de que podemos sim, envelhecer e viver plenamente! Meus parabéns Malva, descanse em paz.

    ResponderExcluir
  7. EXEMPLO DE DIGNIDADE E DE RESPEITO EM MANTER A ALMA FEMININA QUE SEMPRE HABITOU DENTRO DELA, NASCEU COM ELA. MESMO ENFRENTANDO A IGNORÂNCIA DOS QUE SUPER VALORIZAM APENAS O EXTERIOR, SEM A SENSIBILIDADE DE DESCOBRIR A ESSÊNCIA DE CADA SER HUMANO. QUE SEJA FELIZ AGORA NO PLANO ESPIRITUAL.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...