Dez anos sem Ariadne

Em meados de Julho de 2004, o Mundo T perdia essa artista performática de dublagem impecável que encantou com seu talento e prestígio a noite paulistana.
Kimberly Luciana Dias
Do Mundo T, em São Paulo

Foto: Jornal Abalo

Nascida no Belém do Pará, viveu na Itália, e sua carreira apresentou-se em várias casas de shows, mesmo tendo sofrido um AVC, em consequência de bronzeamento artificial deve parte do corpo paralisado, sua força de vontade fez superar isso em poucos meses estava com saúde praticamente instável. 

Ariadne também em sua carreira cultural de empresária na noite da capital paulista, onde realizava espetáculos e concursos de misses para o segmento das cidadãs Travestis e mulheres Transexuais entre eles, "Miss Boneca Diva e Miss Primavera" onde deixava a noite paulistana com mais glamour, quem viveu esse período sabe!
Arquivo Pessoal/Blog Mundo T






Ariadne foi vítima da violência e assassinada com dois tiros na cabeça, na esquina da Rua Major Sertório com a Rua Rego Freitas região central de São Paulo. Como rotineiro em se tratar de uma cidadã Travesti, o caso foi ignorado e arquivado pela polícia e os responsáveis pela morte deve continuar fazendo outras vítimas mundo afora.


O nosso Blog Mundo T, presta essa homenagem resgatando essa parte da nossa história para a saudades de tantas e conhecimento de quem chegou no Mundo T agora!

Por um Mundo sem T-Fobia!


Comentários
1 Comentários

1 comentários:

  1. Valeria Marron Janotjh02 agosto, 2014

    Trabalhamos juntas em roma decada de 90 de belem era uma boa pessoa .

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...